h1

Sangue e suor na Riviera

outubro 10, 2008

Eu tenho um amigo que hoje namora e está se achando santo, mas se ele não lembra NÓS LEMBRAMOS que ele já aprontou muito nessa vida.

Um belo dia o mocinho ainda jovem foi com os amigos para Riviera, em SP, passar um tempinho na praia. Imagina uma turma de caras com mentalidade digna de pré-adolescentes, todos juntos reunidos numa casa só, com os hormônios a flor da pele… Pensa numa casa MEDO. Pensou? PERDEU! A casa deles era pior!

O amigo em questão sabe-se lá como acabou de rolo com uma menininha. Conversa vai, conversa vem, eles vão para um local mais reservado e começa a pegação… Dedinhos nervosos pra lá e pra cá, serviço terminado e meu amigo, limpa o suor do rosto com a arma do crime antes de voltar ao convívio social.

Tá. Ele chega discreto, sem fazer alarde, afinal ninguém precisa ficar sabendo dessas coisas não é mesmo? ERRADO! Demorou um pouquinho antes dele perceber que a donzelinha havia esquecido de um pequeno detalhe – que ele na empolgação não percebeu: havia sangue. Elas estava menstruada. E a esta altura, o bonito que tinha limpado o rosto com as mãozinhas, estava vermelho – de vergonha e de outras cositas mas…

UEPA!

3 comentários

  1. Cara, essa com certeza foi a melhor história dos últimos tempos! Simplesmente demais!!! Nåo consigo parar de imaginar a cara do amigo. Parabéns.


  2. And the Oscar of Most Disgusting Story EVER goes to…


  3. (Y)

    Vai lá safadão!



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: