Archive for the ‘cê jura?’ Category

h1

O presente que quase foi para o ralo

julho 31, 2012

#todasadoramsurpreender não é mesmo?

Eu tenho uma amiga que não faz diferente. Esses tempos atrás era aniversário de namoro da lindinha, e para dar aquela ‘aquecida’ na relação a amiga resolveu presentear aquela data com um presente experiência: uma noite incrível num motel TOP.

Passou o batom vermelho, Imprimiu aquele desconto básico na internê e foi arrasar com o bofe!

Fazia muito tempo que a amiga não frequentava esses hotéis da vida, então a moça tava respirando pura alegria naquela noite.

Papo vai, drink vem, mão alí, roupas acolá, não demorou muito pra amiga sugerir um drink com banho de banheira e teto solar. Tudo que o quarto poderia oferecer junto.Image

Relaxando na hidro massagem, que dava de frente pra tv, o casal esqueceu da vida e ficou lá cozinhando sem ter qualquer noção de tempo. Quando a pele começou de fato a derreter o namorado disse que ia sair pois não estava se sentindo bem.

Batatinha, quando ele saiu da banheira baixou a pressão e o menino quase caiu no chão, entrou correndo no chuveiro frio pra melhor. Nossa amiga pensou: xiiiii….. f-o-d-e-u a night!

Meio desolada com a ‘passada’ do boy mas ainda com alguma esperança de revival na noite a amiga decidiu sair da banheira também.

Supimpa, a amiga ao sair da banheira quase desmaiou, ao pegar a toalha derrubou 2 taças na banheira com resto de vinho, e quase caiu no chão. A cena era de terror e sangue.

Vendo estrelas e com a pressão no chão, a amiga teve que ficar uns 20 minutos embaixo do chuveiro frio pra conseguir levantar do chão. Imagina a pessoa passar mal? Poisentão, nossa amiga passou MUITO mal.

O casal só melhorou do banho depois de dormir.

A noite longa virou curta, ainda bem que eles já tinham dado uma boa transadinha logo que chegaram, senão o presente teria ido para o ralo, ou na caso para a banheira.

h1

“Um bom anfitrião cristão divide a carne e o pão”

maio 14, 2012

Nós aqui do “Eu tenho uma amiga” não somos lá super experts quando o assunto é religião, mas sabemos que um bom anfitrião cristão é aquele que sabe receber, agradar e acima de tudo que sabe DIVIDIR o que possui com seus ~irmãos~.

Pois bem, nós temos dois amigos que aqui vamos chamar de amigo 1 e amigo 2 que conheceram de fato essa figura rara que é o anfitrião cristão. Os dois tem muitos amigos e amigas, entre elas vamos destacar uma em especial, aquela menina super amiga sabe? A famosa AMIGA DA GAROTADA = dá tudo e não cobra nada.  Acontece que essa amiga tem um namorado que, CLARO, mora em outra cidade, o que a deixa livre para pegar deus e todo mundo nas horas vagas.

Um belo dia a amiga chegou na casa do amigo 1 e o convidou para sua festa de aniversário que seria no interior, na casa do seu namorado = anfitrião cristão, no próximo final de semana e ainda prometeu que todas as suas amigas estariam lá super dispostas a conhecerem seus amigos da Capital. O amigo 1 então prontamente ligou para o amigo 2 e o convenceu a seguir rumo a essa outra cidade para ir de encontro  ao ~tesouro~ que os esperava.

Chegado o grande o dia os amigos acordaram cedo e já colocaram o pé na estrada. Algumas horinhas depois chegaram ao local da festa e estava tudo como havia sido prometido: churrasco, cerveja, sol, gente bonita, clima de paquera e muitas meninas ávidas por ~conhecer melhor~ os tão famosos caras da cidade grande.

O anfitrião também foi muito simpático com os amigos da namorada, ofereceu-lhes inclusive a casa dele para que dormissem lá e não pegassem a estrada bêbados, um a-m-o-r de menino. RISOS.

Pois bem, o tempo foi passando e a bebida foi entrando… Quando os amigos se deram conta estavam cada um com uma menina (muy hermosas, diga-se de passagem) e se pegaram loucamente com elas até que… elas tiveram que ir embora… porque… ELAS TAMBÉM TINHAM NAMORADO. Será que é moda e a gente não ficou sabendo?

Well, moralismos à parte (afinal quem nunca pegou gente comprometida e/ou deu uma puladinha de cer… hum, deixa pra lá) Os amigos se viram lá sozinhos e resolveram :

1)      ir dormir? R: NÃO

2)      continuar bebendo até não poder mais? R: CLARO.

Beberam, beberam e beberam até que a amiga resolveu com a cara mais deslavada possível dar AQUELA dispensada no namorado dizendo: “Amor, vai indo pra cama vai? Vou beber um pouco com os meninos e já vou… me espera” HUM SEI.

Continuaram bebendo e o clima foi esquentando… entre os três. A amiga (que já tinha ficado/transado com os dois amigos em momentos diferentes) não se fez de rogada e deixou que os dois começassem uma bela preliminar ali mesmo, na casa ao lado da onde o namorado estava ~esperando~ por ela.  Um brincando de ‘Eliana e os dedinhos’ e o outro recebendo um belo blow job.

A coisa foi esquentando e em um lapso de lucidez o amigo 1 se deu conta da merda que aquilo poderia dar e abandonou o barco indo dormir no quarto ao lado, já o amigo 2 seguiu à risca aquele velho ditado “o que é um peido pra quem ta cagado?” e finalizou o serviço sem medo de ser feliz.

Terminado o serviço a amiga colocou as roupas EMBAIXO DO BRAÇO e seguiu PELADA até o quarto do amado. Tá achando que ela virou pro lado e dormiu? Virou nada! Aproveitou o embalo e já cumpriu seu dever de namorada! Disposição é isso minha gente.

No dia seguinte, ainda meio bêbado o amigo 1 acordou, foi se lembrando dos últimos fatos da noite anterior e tremeu :“Caralho, será que amiga ta dormindo no outro quarto?”. Saiu correndo já prevendo o rebosteio que ir dar se o namorado visse a suposta cena do crime. Por sorte encontrou o amigo 2 dormindo tranqüilo e sem pensar duas vezes o acordou dizendo: “Vamos embora daqui antes que alguém desconfie de algo” e saíram praticamente fugidos do sitio de volta à Capital.

O namorado da amiga acordou belo e faceiro algumas horas depois super feliz e ainda mais apaixonado pela namorada. Da próxima vez, é capaz de servir até cafezinho antes de eles irem embora.

É isso que a gente chama de SOLIDARIEDADE.

%d blogueiros gostam disto: