Archive for the ‘Artista’ Category

h1

O Kama Sutra para nerds

abril 27, 2010

h1

Ano novo, vida nova

janeiro 5, 2010

Ano Novo é sempre uma época de muitas reflexões e que deperta nas pessoas toda a GENEROSIDADE que existe dentro delas.

Eis que no primeiro dia do ano um amigo liga para desejar feliz ano novo e dispara:

– Cara você não sabe qual foi minha primeira boa ação do ano!!

– Qual?!?!

– Poxa, tava na praia e me deparei com um mendigo todo triste e cabisbaixo.. Aí olhei pro meu bolso e decidi fazer uma boa ação.

– Juraaa?? Vc deu uma grana pro cara??

– Que grana o quê! Eu dei um doce pro cara!!!!

– Anh?! Como assim??

– É velho, chamei o cara  falei: ” Vc quer passar o ano novo feliz da vida?? Abreabocae!!!” E tasquei o doce na boca dele!

– Hahahahahahaha.

– E olha só! Ainda dei uma dose de Absolut pra descer melhor!

Fazer a noite de Ano Novo alheio muito mais feliz. UMA ARTE.

h1

Eat me! Drink me!

novembro 4, 2009

Eu tenho um amigo… na real, eu tenho dois amidos completamente diferentes que fizeram a mesma coisa e colheram consequências semelhantes. Saquem só:

alice

Débil number 1:

Estava lá o bonito numa fase psicodélica. Acha tudo que era psicodélico válido. Curtia a vibe mesmo. Num belo dia de ócio o gatogaroto, em casa, sem absolutamente nada pra fazer – ou na cabeça, resolveu preparar um chá mágico para ajudá-lo a passar o tempo. HAVE YOU BEEN EXPERIENCED?

Bebeu o bendito elixir e saiu de casa. Ficou tão louco que as quatro paredes não puderam lhe conter. Largou sua garrafinha na cozinha e, quando voltou, lá estava sua mãe. A mulher olhava pro nada, completamente inexpressiva, no meio da cozinha. O santo logo se deu conta da garrafinha que tinha esquecido… lá estava, vazia, do lado da mamis.

GELOU! CONTAR OU NÃO CONTAR? RIR? CHORAR? FAZER O QUE?

– Mãe, vc tá bem?

– To ótima.

– Mesmo?

– É

– Então o que vc tá fazendo parada aí no meio da cozinha?

– To esperando o elevador.

OI?

Débil number 2:

MESMO ESQUEMA! Pirou no The Doors. Bebeu daquela vez como se fosse a ultima, ficou mto louco e saiu sem rumo. Quando voltou viu sua mãe de costas, meio estranha, jarrinha de chá vazia ao lado.

Foi chegando mais perto.

Foi chegando… a mãe nem percebeu.

– E aí, velho, como que ela ficou?

– LOUCA! Quando realmente vi ela tava lavando o microsystem na pia da cozinha!

OI?

Not necessarily stoned, but beautiful… ficadica

h1

Baianidade nagô

maio 11, 2009

Bom dia gentí!

Eu tenho uma amiga baiana chamada Marcela Bellas que canta muuuuuuito e assim seus males espanta. Ela lança agora em junho seu cd  “Será que Caetano vai gostar?”  aqui em Sampa.

Caetano eu num sei, mas eu adorei o som!

Vale a pena conferir!

Ainda dá para baixar o cd no site da menina, http://www.marcelabellas.com.br

Mais infos no http://www.myspace.com/marcelabellas

l_a82a4cb7da8b448eb5e08d05ae28cf21

h1

@sergueirock!

março 18, 2009

“Eu tenho uma amiga”  tb está no twitter! As amigas ADORAM a tal ferramenta e usam a bendita há algum tempinho já.

Poisentão: Eu tenho uma amiga que segue o Serguei em sua página pessoal e que não se coube com alguns posts da rainha mór do rock brasuca!

serguei

“Tem uma pessoa querendo me seduzir através de joguinhos. Odeio isso. Depois me perguntam pq prefiro as árvores…

h1

Teje preso: Parte II – YES WE CAN!

março 9, 2009

Eu tenho um amigo que, na época áurea do poperô paulistano, estava numa baladinha X com seus amigos. O fervo corria solto na capital, mas apesar da pontuação, os meninos estavam com fome, e ansiavam por um McDonalds.

Na época, a única loja que ficava aberta 24 horas era a instalada no aeroporto internacional de Guarulhos. Como bons brasileiros que não desistem nunca, pegaram seus carrinhos e seguiram madruga adentro rumo a Cumbica.

Chegando lá, bêbados, pediram seus respectivos números e, na falta de ter o que fazer e com o capeta à tiracolo, foram dar uma circulada pelos corredores do aeroporto. Chegaram perto da área de embarque e decidiram que roubariam um avião.

pilots

Olharam, olharam, olharam e viram uma brecha na segurança, perto das esteiras das malas. Mais que de repente se jogaram junto às outras maletas e seguiram para a pista pelo lado underground do maior aeroporto do Brasil.

Desceram na pista e procuraram um avião que estivesse com a escadinha montada. Encontraram o alvo e seguiram. Subiram. Entraram e, como o avião estava sendo preparado, procuraram a cabine dos pilotos, que estaria aberta também.

Batata. Já sentados nas cadeiras de comandante e co-piloto, um não aguentou a emoção e dormiu como uma criança. O segundo aproveitou para dar uma fuçada nos 83497598347958934 botões do painel.

Tudo parecia perfeito. Mas nem sempre o que parece é. Foram abordados, claro, pela tripulação que, assustada, havia chamado a polícia.

Resultado da brincadeira: Todos presos pela polícia FEDERAL.

Nada como uma idéia de girico, não é mesmo minha gente. O que eu mais queria saber é: COMO EXPLICARAM O QUE HAVIA ACONTECIDO PRAS PESSOAS?

MEDA!

h1

Cocos e Cacos

janeiro 19, 2009

Eu tenho dois amigos que dividiram um quarto com duas amigas durante a viagem de reveillon. Tudo muito tranquilo e, como daquele mato não ia sair nem pulga, muito menos cachorro, eles resolveram jogar charme para as donzelas locais e pontuar loucamente nos últimos minutos de 2008.

As amigas estavam num pique mais tranquilo e se contentavam em tomar sol, beber, fofocar e dar risada. Um belo dia lá estavam as meninas no quadrante sagrado quando foram surpreendidas pelos boys.

– Pô meu, a gente trouxe a prancha mas esse papo de surfista não pega por aqui não, disse Leandro.

– Poisé. Vocês são tudo maria-banda. Ou melhor: a mulherada aqui é tudo maria-zabumba, disse Leonardo.

– Como assim? Divertiam-se as garotas.

– É isso mesmo. Tivemos até que mudar a história. Agora a gente não fala mais de surfe. Agora a gente fala que é da banda Cocos e Cacos. Que tamo aqui de férias, que temos cd lançado na europa e tudo, explicava Leandro.

– HAHAHAHAAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

As demônias, depois de muito rir da idéia de girico decidiram avisar os caras da banda DE VERDADE, sobre a história do tal de Cocos e Cacos. Avisaram a banda e quem mais passasse pela frente. A reação era sempre a mesma:

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

Foi quando as bonitas com encosto de Maysa avisaram que naquele dia, na balada, a Cocos e Cacos daria uma palhinha no palco, como convidados especiais – ERA A GLÓRIA!

Os meninos, que não tocavam nem campainha, colocaram o rabinho entre as pernas e nem sequer apareceram perto do bar naquela noite. Passaram o resto de seus dias amargando a seca e invejando quem quer que fosse que tocasse qualquer coisa.

Aposto que na listinha de resoluções de ano novo dos dois tem:

* Aprender a tocar violão!

HAHAHAHAHHAHAHAHAHHHAHAHAHAHA

%d blogueiros gostam disto: