Archive for setembro \26\UTC 2008

h1

Traaasssshhhhh

setembro 26, 2008

Com tamanho sucesso do blog, nossos AMIGOS também se animaram na divertida empreitada de divulgar suas histórias treze e cabeludas na internéé, esse veículo de informação tão útil não é mesmo minha gente?!?! Ainda mais quando a utilidade é escrachar a vida própria e alheia.

Lá vai…

Eu tenho um amigo… Um não, eu tenho uma TURMA de amigos que se contar ninguém acredita de tão zuado. Óbvio que se não tivesse acontecido com eles eu não acreditaria devido ao teor medonho da história.. How low can you go….

Tudo começou em uma sexta pré carnaval, nós iríamos todos para São Luis do Paraitinga . Uma parte da turma resolveu ir dormir cedo na sexta e se guardar para os próximos 4 dias que nós já sabíamos que não iriam ser fáceis. Outros três integrantes do sexo masculino ( que aqui serão denominados de amigo nº1,nº2 e nº3)que comem cocô resolveram ir onde??? Na trash 80´s- Sem maiores explicações porque o nome já diz tudo.

Chegaram ao recinto completamente embriagados e nos 5min do 1º tempo o amigo nº1 já começou a se engraçar com uma morena bem gatinha e como é de praxe pegou primeiro e só depois foi conversar e ver se valia a pena mesmo. E não é que valia? Eles bateram um super papo, o bejio era bom, a menina bontininha, a conversa entre os catos era ótima e obviamente ele acabou trocando telefone e ficando de namoradinho com ela a maior parte de tempo. Solidário que é ficou sabendo que sua moreninha estava acompanhada de sua prima que por sinal também era bem gatinha e com cara de pistoleira (de que sabe fazer bem o negócio. Sic) e resolveu agitá-la para seu amigo nº2.

Como todo homem ( inclusive nosso amigo nº2 que no geral não faz o tipo guerreiro) não resiste à uma vagabunda, não pensou meia vez e correu pro abraço. Os relatos foram que depois dessa mina  o nosso amigo nº2 exorcizou o bonzinho que lhe possuía e virou o maior pegador da noite! Mas obviamente que a quantidade de meninas era inversamente proporcional ao nível delas. DÁ PRA IMAGINAR? Pelas contas dos nossos amigos nº1 e nº3 o estrago foi feio e ele chegou a pontuar mais de 5.

Lá pelas tantas o amigo nº 1 já estava fazendo promessas pós-carnaval para a moreninha gostosinha e o amigo nº3 que estava sumido pelos cantos daquele antro de perdição desde o começo da noite, reapareceu dizendo que o nosso amigo nº2 ,O pegador, estava passando mal no sofá. Ah vá! Num tem quem diga né? Depois de beber e pegar todo mundo, surpresa seria se ele estivesse lá dançando sendo xavecado pela Gretchen.

Quando nosso amigo nº1 foi ver o estrago, o nosso amigo nº2 estava jogado no sofá com –segue a descrição do amigo nº1- “UMA COISA GORDA,,, MAS MUITO GORDA,   A MINA ERA ALGO MUITO GRANDE ,,, O DIAMETRO DO BRAÇO DA MINA ERA MAIOR QUE MEUS OMBROS ……ERA ALGO QUE DAVA MEDO” (Afffeeeeeeee)

Então o amigo nº1 foi chegando perto e viu que tinham uns gorfos no chão oamigo nº2 todo gorfado tentava murmurar algo como – Saaaaaiiii Dãããããquiiiiiii pra aberração e a tal bola de sebo insistia em ajudá-lo ( ajudava beijando). O amigo nº1 vendo o desespero de seu comparsa falou para a moreninha gostosinha que seu amigo estava mal e que ela esperasse que ele resolveria situação em dois tempos. Ahãm

Chegou lá e botou moral. Disse pra rolha de poço que ele iria cuidar do amigo e adivinhem qual foi a resposta? – “ Mas EU estou com ele” ( Ah jura? E vc faz tão bem pra ele né?). Disse que estava cuidando dele mas pela cara de tristeza do nosso amigo ela tava tentando mesmo era fagocitá-lo com aquele corpo imenso.

Nosso amigo nº1 pensou: Tenho o que salvá-lo!!! Mas como?? Quem poderá nos defender???

A primeira coisa foi arrancar a menina a força dali mas devido a sua massa corpórea seria difícil, mesmo do alto dos seus 1.90m de altura sua integridade física estaria ameaçada.

Logo, em um ímpeto de coragem+-desprendimento+ solidariedade+falta de noção+ fome de cocô ele fez o improvável: Enquanto a COISA discutia com ele e o amigo nº2 suplicava no sofá, ele tascou UM PUTA BEIJO NA BOCA DA GORDA. (!!!!!!!!!!) Aí não teve jeito né segundo ele sentiu apenas aqueles braços enormes o espremendo numa espécie de abraço.. Tipo uma prensa mesmo. Nessa hora descobriu porque nosso amigo nº2 estava passando tão mal. (5 conto que a mãe dele dizia pra ele quando criança “ Como você não gosta de cebola?? Nunca nem experimentou muleque!” Aí, Ó! deu nisso). Só depois de uns 15 min (uma eternidade) quando o nosso Super man já estava quase sem ar morrendo asfixiado e esmagado ela o soltou… Ufa.

Sem pestanejar aproveitou a deixa jogou aquele trapo humano do nosso amigo nº2 nos ombros e foi pra fila pagar e ir embora… Nisso ele olha para trás e está o nosso amigo nº3 SIMIJANDO de rir e a moreninha gostosinha olhando pra ele com cara de espanto e obviamente puta da vida.

A moreninha gostosinha que estava na dele nunca ligou mas pelo menos ele salvou o nº2.

Conclusão: Salvou um amigo mas perdeu a buceta. Aliás, trocou a picanha por um monte de colchão mole… Que nojo…

Hahahahahahahah ( Risada Maligna)

Post também publicado no blo http://eutenhoumamigo.wordpress.com

Anúncios
h1

Shit ALWAYS happens…

setembro 25, 2008

Eu tenho uma amiga que tem uma amiga que comia demais. Chegava (juro!) a comer três cachorros-quentes de uma só vez. Ok, cada um come o quanto tem vontade, certo? Só que quem come demais acaba fazendo outras coisas demais também.

E foi justamente na primeira noite…

A amiga comilona conheceu um cara e, depois de um tempo de conquista, recadinhos, flores, os dois estavam apaixonados. Então, ele a chamou pra um jantar, que terminou com o tão esperado convite: passar a noite juntos. E lá foi ela, feliz e saltitante, pra casa do cara.

Tudo perfeito, né? Sim, até pegarem no sono.

No meio da noite, a fofa acordou com uma sensação estranha. Levantou, acendeu a luz e lá estava ela, a merda. Toda espalhada pelos lençóis, chegando até a cueca bacana do moço.

Desesperada, correu à lavanderia, catou uns panos molhados e foi tentar consertar o estrago. Só que o cara acordou no meio da faxina. Eu queria ser uma parede, um armário, um tapete que fosse, pra ver a cara dela, mas até consigo imaginar.

Só que, embora não pareça, ela é uma mulher de sorte, muita sorte. Dá pra acreditar que foi pedida em namoro, ali, no meio da merda? Pena que o cara era filho único. É, realmente, ninguém é perfeito.

h1

Eu, ela, o cão e o affair redivivo

setembro 25, 2008

Eu tenho um amigo luxo que tem um blog. Este aquí ó. O moço é, sem dúvida, uma das pessoas mais queridas… editor de um site de música, o rapazote realmente manja muito. Eis que em um de seus devaneios resolveu citar este humilde blog em um de seus posts!

Nem preciso dizer que o clã feminino que vos escreve está honrado e dando pulinhos com a lembrança!

ÊÊeeeeeee!

h1

De biquini! Coberta de Plumas!

setembro 25, 2008

Eu tenho uma amiga que a vida inteira disse que seu sonho de consumo era fazer uma Lipo. Nunca ninguém deu muita moral né? Afinal falar é fácil…

Acontece que de uns tempos pra cá ela enfiou isso na cabeça e como já ganha sua própria grana estava decidida que não passaria de um mês para ter o seu corpo novinho em folha…

Ao notificar o pai de que faria a cirurgia, o pai obvimanete não concordou e alertou a filha sobre os riscos da cirurgia…

 “ Ta Loca menina??? Bebeu??? Você pode morrer na mesa do hospita!!”

 “Ah é????”

 “É lógico!!”

 “Pois se eu morrer ME ENTERRA DE BIQUÍNI!!!!!!”

 De Biquíííííniii Coberta de Plumaaaasss!!!!

h1

Banheirão Internacional.

setembro 25, 2008

 

Eu tenho uma amiga que está lá nas Zooropa fazendo a fina . Entrou de cabeça em um mochilão  pelo leste do velho continente por 2 meses e nada de muito interessante no campo sexual havia acontecido durante todo esse tempo, já que a menina é tão azarada que pegou ensolação na Grécia e passou 3 semanas com papai e mamãe a tiracolo. Essa semana enquanto fingia trabalhava com o Gtalk ligado  eis que me aparece  a dita cuja. Fofoca vai fofoca vem eu perguntei como andavam as coisas não é mesmo? Afinal dois meses na lona não é fácil pra ninguém. Ela me respondeu que estava em Budapeste e que a situação era a mesma: Nada de novo no front. Poréééééémmmmm que naquela noite estava combinada  uma ida ao bar com dois argentinos ( ponnnntoooo!!! Á lá Gugu)  que ela havia conhecido no albergue e que quem sabe renderia alguma coisa. Eu como boa amiga cruzei os dedinhos e rezei para Nossa Senhora da Boa Foda  para que tudo corresse bem com ela.

Dia seguinte to eu lá mais uma vez falando com Deus e o mundo e minha amiga aparece para conversar. Se gue  a conversa:

Eu-“ E aíííííí!!!! Como foi ontem????”

Amiga- “Menina!! Uma loucura!! Eu nem esperava… Acabei pegando um dos argentinos, e depois de todos os fracassos a tentativa de sexo casual n º 2 deu certo, finalmente!!

Eu- “ Vivvvvaaaa!!!”

Amiga; “Foi ótemo, enquanto durou….rsrsrs embebedei demais o moço e depois de um tempo ele morreu..  Mas tudo certo, em terra de cego quem tem um olho eh rei, nao eh mesmo?!?

Eu: “ ahahahaha Vc já o viu hoje??”

Amiga: “hahahahahaha, deixa eu contar a situacao … Ontem tinha comecado a me aparecer uma ferida no labio:…Herpes, jah tive antes.( ;-/) Aí  depois de toda a noite e tal, acordei e tinha piorado…, dava pra ver e tal.. rsrsrs  Imagina a  situacao né?… Ia passar o dia com ele e pedir pra me acompanhar no hopital?

 

Eu: “ hahahaha como vc é zuada”

 

Amiga:” Aí dei um perdido, porque eu realmente precisava ver um médico,,entao de manhã peguei um trem mais cedo e vim pra Vienna, estou na casa da mina amiga.

 

Claro que sou zuada, sempre tem que ter alguma coisa… rsrsrs 

Vi ele hoje., Tava dormindo na cama do meu lado…Dei um bjo-me-liga e fui embora com vergonha da minha cara né?

DERROTA.. Mas valeu, nunca uma cerveja desceu tão bem quanto ontem…, fazia tempo!!

 

Eu: “ Haha Mas peraí… Vc estavam num albergue.. COMO vcs treparam??? O quarto não é COLETIVO?”

Amiga:” Pois é… Eu nem tinha intenção de pegar o moço, mas ele tava facinho e depois que enchemos a cara resolveu me agarrar…Aí vi que a pegada era realmente boa, e foi aquela zona!

Quando  voltamos pro albergue, bêbados se agarrando, eu ia ficar quietinha na minha, mas ele tomou a iniciativa de arrastar seu colchão (!!!!!!!!!!!) com tudo em cima para o banheiro, que era tipo uma sala, enorme. e ainda apareceu com uma caixa de camisinha, então porquê não né???,Tamo na chuva vamo se molhar !!!

 Eu:” NOOOOOOOOOOOOOOOSSSAAAA!!!! Essa vai pro blog!”

 Cara.. Perguntas que NÃO querem calar:

1- Pra quê levar o colchão??? Liga o chuveiro trepa e cura a ressaca!

2- Ah ta! E eu sou Ave Maria né? NINGUÉM ouviu a putaria no banheiro… ahãm. Já que vai fazer barulho mesmo vai na cama… Segundo ela as outras pessoas que estavam no quarto eram um japa que dormia desde as 20h da noite e o amigo do cara que obviamente já estava ciente da situação.

3- Tem necessidade de aparecer HERPES no dia seguinte?

4- Imagina a cara do ARRENTINO acordando com uma puta ressaca se olhando no espelho e sentindo seu lábio arder e coçar!!!!! Hahahaha

h1

Aladin, mas sem lâmpada

setembro 24, 2008

Eu tenho uma amiga que organizou um evento num barzinho descolado na região central de São Paulo esses dias. Lá encontrei amigos que há tempos eu não via, e papo vai, papo vem, contei para eles sobre este blog. Foi o momento de relembrar todos os ´causos´da galera. Inclusive uma  das amiga se identificou muito com a idéia, e resolveu me mandar um ´causo´ de uma amiga sua.

Senta que lá vem a história…

Pois é. EU tenho uma amiga de uma amiga que após um longo relacionamento de dois anos, fez sua primeira viagem solteira nas vésperas do ano novo, ao Maranhão, mais especificamente para a bela cidade de Lencóis. Foram ela e mais uma amiga que também estava recentemente solteira.

Logo na chegada as meninas conheceram uns caras do Rio, brotheres, que de cara não eram muito interessantes. Talvez porque ainda não estavam acreditando em uma ´pegação´futura, ou ainda porque os biscoitos estavam pegando geral. Estavam evitando ao máximo a vontade de beijar os meninos, tendo em vista que os três rapazes eram os maiores “bocas de lixo” do pedaço (apesar do incontrolável desejo sexual das meninas que já não mais tinham namorados para satifazê-las).

Estavam num camping, e para piorar a situação suas barracas eram vizinhas às barracas dos meninos. Dessa maneira, as amigas podiam ver de camarote umas cocotas chegando e se esbaldando nas barracas dos cariocas.

Uma das amigas, a mais puritana, garota corretíssima, cheia de teorias e princípios, fez mais charme para um dos rapazes que uma freira do Vaticano faria. Negou até a morte para ela mesma que um dos rapazes a interessava, e muito. Negou pra ela, e mais ainda pra ele. O rapá ficou algo como duas semanas no pé da menina, e nada…

Não demorou muito para a amiga perceber que estava a sentir milhoes de desejos pelo cara. E  difícil foi contar para a outra amiga sua verdade mais do que clara: estava de fato muito a fim de pegar o carioca, mesmo depois de afirmar que o rapaz era o maior canalha, sujo, entre outros.

Na noite seguinte, depois de muitas pingas na cabeça e umas reboladas a mais, as amigas chamavam a atenção. Claro que os cariocas perceberam o fogo da mulherada, e chegaram junto, mais famintos que nunca!

A amiga incendiada por um desejo louco, e muita cachaca é claro, Dessa vez sem muitas resistências finalmente cedeu ao charme do rapaz. E quando a mulé viu já estava na barraca com o cara.

A falta do namorado, ou a chamada ´secura´fez com que a menina se transformasse em uma máquina de sexo (nas suas próprias palavras). Mãos e bocas muito quentes.

As preliminares estavam uma loucura, entretanto, no momento do coito de fato ela não sentiu nada. Pensou coisas, pensou nao ser nada….pensou ser um dedo…Realmente teria que ser o dedo dele…. Pegou nas mãos do cara e viu que ali nao faltava nenhum dedinho… putz… Parecia que o cara colocava e tirava uma bexiguinha murcha do corpo dela.

Foi difícil acreditar que o vigoroso membro que sentia pela bermuda do menino se resumia a algo do tamanho de um batom. Nas palavras da própria amiga que contou o causo:

PUNK! Ok… as vezes existem os pequenos brincalhões, e os tais grandes bobalhões! Mas dessa vez o cara apelou, porque era um pequeno brincalhão SOLITÁRIO ( ele brincava sozinho, não proporcionava nem um SUSPIRO para a pobre menina que a uns dois meses tava “tranquila”). Ela queria rir e chorar (mas nao podia, afinal ainda era uma Lady, em baixo de um PSEUDO gostosão), e o cara se deliciando todo no corpo dela, dizendo que ela era muito quente, e que em dois segundos ele gozaria e tal… Rezou pra ele gozar logo… comecou a fingir um VAI, VAI, VAI… AHHH, AHHH, vai que eu ja fui! Mentira claro. Vergonha alheia master! Lá no meio começou a pensar váaaarias coisas… que talvez as outras meninas que escutava se deliciando poderiam estar mentido como ela… veio a vontade de ir embora, de sair de lá a qualquer custo. mas  o Pit Poodle não parava o rala rala. Até que ele foi feliz para sempre e gozou. Minha amiga fez três carinhos na cabeça dele e começou a por a roupa. O cara queria que ela dormisse lá pra acordar de conchinha….. coitado!

Levantou e ainda pegou um finalzinho de festa… afinal a noite nao podia se resumir a isso né?”

Pois é amiga…merda acontece!

h1

On line

setembro 21, 2008

Eu tenho uma amiga super gente boa, simpática, bonitona, meio doida, mas ótima sempre!

A mulher sempre sai para dançar, beber, se divertir como qualquer ser humano. Não é que uma noite dessas a rapariga saiu com as amigas para dançar todas, e é claro por fim bebeu todas. Dancinha vai, dancinha vem, nada de muito interessante aconteceu aquela noite para a infelicidade geral da mulherada, e, principalmente da minha amiga que andava meio carente. Coisas da vida! Mesmo assim essa mulher foi a última a se retirar da pista de dança.

No caminho de casa minha amiga já não conseguia controlar seus devaneios pervertidos, deturpados, libertinos, ou ainda depravados? Acredito que deveria ser algo bem erótico mesmo! Naquele dia  a menina estava com formigas na calcinha, cadela no cio, ou qualquer estado do gênero originário da necessidade sexual feminina.

Fim de noite, tarde demais para ligar para qualquer pessoa. Ao se deitar na cama minha amiga não conseguia dormir, serelepe, inquieta. Sentia um calor intra-uterino que ultrapassava a temperatura de uma febre alta. Dormir? Não, não dava!

Como não tinha nada melhor para fazer a infeliz entrou na internet para checar se tinha algum dito cujo on line, o que seria beeeem difícil naquele horário corujão. Nada nem no msn, nem em lugar algum. Não encontrou nenhum santo nem sequer para trocar figurinhas. A carência da mulher era tamanha que acabou fazendo login num desses bate-papos públicos que existem por aí.

Para melhorar ainda mais a situação, a moçoila escolheu entrar numa sala mais quente, e tendo em vista as diversas opções, escolheu a sala de sexo virtual com web-cam. Parece que só entra quem tem de fato web-cam, para assim os indivíduos poderem trocar contatos e se falar com mais intimidade! Ahaha!

Pois é, minha amiga entrou com fé na sala de bate-papo virtual, com um nick charmoso (algo como morena, sei lá…) e de cara já atraiu a atenção geral da galera, afinal era a única louca que se prestara a esse tipo de coisa àquela hora.

Engraçado que ela me disse que a galera no chat maioria mal sabia escrever… óbvio né! O que ela esperava? Tanto é que perguntou à sala se alguém gostaria de conversar pelo skype, e somente um retardado entendeu do que se tratava. E foi esse mesmo o felizardo.

Trocaram mensagens, duas ou três palavras só para disfarçar a situação constragedora em que estavam se metendo. E assim, quando percebe o rapaz já estava “conectando” a sua câmera e ela deveria fazer o mesmo. Estava nervosa e ao mesmo tempo excitada naquele momento.

Pois é, começou com um chat quente, quente, quente, quase queimando, tipo a batata mesmo. Aí começaram as imagens pela web-cam. Para grande surpresa da minha amiga o rapaz era muito mais que bem dotado. Quanta sorte!

Minha amiga de lingerie, deitada de bruços pois na verdade nem se sentia muito a vontade com a tal da câmera.

Enfim, só de ver aquele espetáculo minha amiga se auto-ajudou, e não demorou muito para ter um mega orgasmo. Wow!

Nisso o cara começou a pedir uma postura mais ativa da minha amiga, que pediu um intervalo para um cigarrinho pós sensation. Ahahaha….

Na real, depois do tal cigarrinho minha amiga nem mais estava a fim de continuar on line, e aí deixou o rapaz, conectado, na mão! AfÊee!

Dormiu contente após a brincadeira internética. Não entendeu como tudo aconteceu, só sabe que foi bom.

Não teve mais coragem de brincar on line de madrugada. Mas nunca se sabe, nao é mesmo??

%d blogueiros gostam disto: