Archive for the ‘night’ Category

h1

O presente que quase foi para o ralo

julho 31, 2012

#todasadoramsurpreender não é mesmo?

Eu tenho uma amiga que não faz diferente. Esses tempos atrás era aniversário de namoro da lindinha, e para dar aquela ‘aquecida’ na relação a amiga resolveu presentear aquela data com um presente experiência: uma noite incrível num motel TOP.

Passou o batom vermelho, Imprimiu aquele desconto básico na internê e foi arrasar com o bofe!

Fazia muito tempo que a amiga não frequentava esses hotéis da vida, então a moça tava respirando pura alegria naquela noite.

Papo vai, drink vem, mão alí, roupas acolá, não demorou muito pra amiga sugerir um drink com banho de banheira e teto solar. Tudo que o quarto poderia oferecer junto.Image

Relaxando na hidro massagem, que dava de frente pra tv, o casal esqueceu da vida e ficou lá cozinhando sem ter qualquer noção de tempo. Quando a pele começou de fato a derreter o namorado disse que ia sair pois não estava se sentindo bem.

Batatinha, quando ele saiu da banheira baixou a pressão e o menino quase caiu no chão, entrou correndo no chuveiro frio pra melhor. Nossa amiga pensou: xiiiii….. f-o-d-e-u a night!

Meio desolada com a ‘passada’ do boy mas ainda com alguma esperança de revival na noite a amiga decidiu sair da banheira também.

Supimpa, a amiga ao sair da banheira quase desmaiou, ao pegar a toalha derrubou 2 taças na banheira com resto de vinho, e quase caiu no chão. A cena era de terror e sangue.

Vendo estrelas e com a pressão no chão, a amiga teve que ficar uns 20 minutos embaixo do chuveiro frio pra conseguir levantar do chão. Imagina a pessoa passar mal? Poisentão, nossa amiga passou MUITO mal.

O casal só melhorou do banho depois de dormir.

A noite longa virou curta, ainda bem que eles já tinham dado uma boa transadinha logo que chegaram, senão o presente teria ido para o ralo, ou na caso para a banheira.

Anúncios
h1

Sorria, você está sendo filmado

outubro 13, 2011

Faz tempo que não postamos história de amigo aqui, né? Pois lá vai uma muito boa, que aconteceu faz mais ou menos um ano e que precisa ser compartilhada com o mundo.

Um amigo nosso foi a uma baladinha hype bem famosa da noite paulistana que acontece uma vez por ano. Para não perder a viagem, o bonito se estragou no álcool e ficou virado no Jiraya. Até mosh do palco durante um show ele deu – eu até publicaria a frase emblemática que ele soltou ao final do ato, mas ia denunciar demais o autor.

Enfim, tava lá locão, descolou um boy magia (ou nem tão magia assim, enfim) e resolveu ir pra casa do rapaz, que era ali pela região mesmo. Foram a pé, chegaram lá, começaram a se pegar loucamente na sala, aquela coisa toda… Eis que o dono da casa lança: “vamos ali no terraço?”. Beleza, né, saíram os dois, pegaram o elevador, subiram até o topo do prédio, olharam lá de cima e resolveram voltar porque estava muito frio – pelo que eu me lembro, foi tipo a noite mais fria do ano passado. De volta ao apê, fizeram amorzinho gostoso e meu amigo vazou quando já era dia bem claro.

O lindo passou na padoca, tomou um café, foi até a casa dele, dormiu… Quando acordou, estava numa ressaca monstruosa e com sérias dificuldades de se lembrar dos detalhes da noite anterior. Entre um copo d’água e outro, ele começou a recapitular a ida pra casa do fulano, a pegação… OH NÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ele então se lembrou de ter subido até o terraço do cara numa boa. Porém, na hora, ele e o peguete não atentaram a um detalhe importantíssimo. Ele estava nu. PELADO. Sem roupa, sem nem cueca. E andou de elevador no prédio dos outros. Imagina se entra uma velhinha indo comprar pão. Imagina a cara do porteiro, um tiozinho evangélico que entra no serviço às 6h da manhã pra ver vagabundo pelado dando rolê pelas câmeras de segurança! Que horror, minha gente, que horror.

Se a intenção já era não fazer “follow up” com o menino, depois de lembrar-se do ocorrido é que o amigo nunca mais quis saber dele mesmo. Tudo para evitar o constrangimento de encontrar o tio da portaria novamente e ganhar aquele olhar de “eu já te vi pelado”. Desnecessário.

h1

Vida de solteira – Esse eterno episódio de seinfeld em looping.

setembro 26, 2011

Todo mundo sabe que a vida de solteira é essa eterna brincadeira com mix de armadilha de satanás, mas as vezes o roteirista da vida é tão infame, tão infame que a vida começa a virar um episódio de Seinfeld em looping infinito. É exatamente isso o que aconteceu com uma amiga cuja a história vamos contar a seguir.

A amiga em questão é solteira e adora cair na noite. Eis que em uma dessas noites ela foi em uma super festa e estava lá, bela e faceira dançando enquanto seus amigos estavam devidamente ocupados. De repente, não mais que de repente chega um moçoilo e puxa conversa. A amiga nem dá ouvidos e fala “Moço, entao.. Não quero conhecer ninguém não, to aqui me curtindo etc” e o moço insistiu “Mas deixa eu só te conhecer, pegar seu telefone, te achei interessante… Te observei a noite inteira.” ‘Tá bom vai, vamos la fora fumar um cigarro”.Foram, e amiga não tava fazendo nada mesmo e resolveu dar uma chance pro rapaz. Se beijaram e ui, o rapaz beijava super super super bem. ‘Huuummmm, com um beijo assim imagine o resto” pensava a amiga enquanto o rapaz desfiava mil elogios à amiga ‘Como você é linda” “É um PRIVILÉGIO te conhecer” etc. Foram pra casa da amiga, que mora sozinha, e tiveram uma noite memorável. Super conexão, tudo lindo, o moço era bom em tudo. Ui. Ao sair da casa dela pegou seu telefone e disse que retornaria assim que voltasse de viagem, o moço é fotógrafo e foi fazer umas fotos fora da cidade e a moça lhe deu um beijo e suspirou pensando “Acertei na loteria, um fuck buddy bom de cama e interessante”. Porém, como diz uma outra amiga: ‘Jacaré ligou? Nem ele”. Sumiu do mapa! Nem sinal de fumaça ele mandou. A amiga ficou magoada, e mesmo sabendo só o primeiro nome dele ainda tentou fazer um stalking, sem sucesso. Ficava criando teorias “Por que raios ele não me ligou? Será que eu fiz algo de errado? Será que o cel foi roubado?”. Bom, a paranóia durou 1 semana e meia porque né? A vida anda e não dá pra ficar esperando nada de ninguém.

Eis que, uns DOIS meses depois a amiga havia combinado de ir na mesma festa onde conheceu o rapaz, e um amigo dela, que estava na primeira vez e também o conheceu na ocasião, estava lá antes dela e o rapaz o reconheceu. Perguntou sobre a amiga, disse que tinha a procurado mas que o telefone que ele havia anotado estava errado, pediu o certo para o amigo dela que prontamente disse “Relaxa ela vem aqui e te passa pessoalmente” Nesse momento a amiga estava saindo de um bar e recebeu uma msg do amigo “Amiga, você não vai acreditar. O fotografo ta aqui e perguntou de vc. Disse que ta com seu tel errado, por isso o sumiço. Disse que vc tava vindo pra passar o certo!” Ui! A amiga super se animou, ficou passada com a historia toda e CLARO foi lá fazer o que tinha de ser feito. Chegou na festa e em 5 minutos eles se encontraram, e em mais 5 ficaram. Tudo lindo, o moço pediu desculpas, super beijo again… só no romance. Foram embora juntos e a noite deles foi ainda melhor! Porém, depois de um tempo a amiga acorda com o moço se vestindo meio apressado e não eram nem 10 da manhã” ‘Por que vc vai embora? Fica aí vai” pediu. “Não, não posso, tenho que ir etc” a amiga desconfiou, mas ok. Aí disse “Ué, não vai anotar meu numero certo?” “Ah, claro! Aproveita e anota vc mesma”. Tolinho… rs. O moço possui um Iphone e todos sabem que basta vc colocar os primeiros números que o contato correspondente aparece e… O NUMERO DA AMIGA APARECEU. Ha ha ha. Na hora ela riu e disse ” Ih, essa história de numero errado não colou hein? Olha o meu número aqui”. Vish, o moço ficou hiper sem graça e deu aquela desculpa esfarrapada. A amiga é claro, fingiu que aceitou mas assim que o moço foi embora ligou o computador e foi stalkear baseada nas informações colhidas na noite anterior. O moço trabalha com um fotógrafo famoso e tinha dito isso, claro que a amiga lembrou e não demorou nem 10 minutos para achar o perfil dele no facebook. E NÃO É QUE O RAPAZ NAMORA MINHA GENTE? (Uma namorada bem desprovida de beleza, diga-se de passagem) e pelo o que a amiga pode perceber, esse namoro não é de hoje não. Fotos de aniversários de familiares e ele lá pagando de namorado fiel. AHAM, SEI. A amiga não se fez de rogada e mandou uma mensagenzinha pra ele no Fb “Queridinho, não precisava de toda essa história…” (E não obteve resposta, por supuesto) E não precisava mesmo!Mentiroso compulsivo e sem caráter foram as duas primeiras coisas que vieram à cabeça da amiga. E só ele quer ser esperto né? Aff. Insistiu pra ficar na primeira vez e depois inventa uma historia absurda que não foi capaz de sustentar. Coitada da namorada, que provavelmente deve se sentir a mulher mais amada do mundo e na verdade tem um belo de um zé mané ao seu lado.
Ah sim, e tem a cereja do bolo! No perfil do moço, na parte da auto descrição está escrito “SOU UMA PESSOA MARAVILHOSA” (Não vou rir, não vou rir, não vou rir, não voKkkkkKKKkkkKkk)
A parte triste da história é que a amiga havia falado para o amigo que estava com ela na balada pra ele dormir na casa dela pois era mais perto da festa e havia um quarto sobrando. Porém, ela trancou a porta e deixou o celular e capotou depois da noite animada que teve. Quando pegou o celular haviam mensagens e ligações e ela queria morrer! Comprou um presentinho de desculpa, mandou mensagem mas ainda não obteve resposta. O amigo ficou mesmo magoado.

E é essa a vida que vai sediar a Copa de 2014 AND as Olimpíadas de 2016. RYSOS.

h1

Queda livre

janeiro 4, 2010

Queridos leitores, vamos dar início aos trabalhos deste belíssimo novo ano com um causo que se passou com uma nova – e já queridíssima – amiga durante uma viagem de reveillon, há alguns anos.

Eu tenho uma amiga que foi com um pessoal para a Guarda do Embaú, em Santa Catarina, passar o final do ano. Logo nos primeiros dias, ela conheceu um espanhol gatíssimo, pegou o cara e grudou nele a viagem inteira. Tudo estava lindo entre os dois, a amiga já caidinha de paixão pelo bonito, quando eis que no último dia de balada, ela me inventa de ir para um pico novo e desconhecido, onde, obviamente, o espanhol não estava.

Sozinha na noite enquanto suas companheiras de guerra se atracavam com bofes pela boate, a pobre amiga começou a ser vergonhosamente xavecada por um japonês esquisito. Estava ela lá, morrendo de tédio, quando eis que o espanhol aponta na porta do lugar, acompanhado por um amigo dela. É claro que a moça começou a se sentir a última Trakinas do pacote, afinal de contar, o gatinho tinha ido até um lugar X atrás dela.

Enfim, ela largou o japa falando sozinho e foi correndo ao encontro do latin lover. Ele disse que a estava procurando havia um tempo e convidou-a para sair da casa e “tomar um ar”. Pensamento instantâneo: é hoje, Brasil! Saíram, estavam andando lá foram, quando o espanhol virou para a amiga e disse “estás muy guap…”. Não conseguiu completar a frase. No meio do “guapa”, a pobre coitada pisou em falso e despencou de um barranco. Foi caindo e trepidando, tentando de alguma forma manter-se em pé, mas quanto mais tentava, mais feio ficava o tombo.

Depois de uma boa rolada na grama, ela se levantou, com a ajuda do moço, que mostrou preocupação com seu estado. O máximo que a coitada conseguiu dizer depois dessa foi um atrasadíssimo “gracias”.

Em uma única palavra? Desnecessário. Maldito Murphy que decerto não come ninguém e fica aí, empatando a foda dos outros. Ta louco!

*** As cinco amigas que alimentam este humilde blog aproveitam o primeiro post do ano para desejar um feliz 2010 a todos os queridos leitores. Como diria um brother aê, muita SAÚDE e SENSUALIDADE pra todos nós. Afinal, de que mais uma criatura precisa nessa vida, não é mesmo?***

h1

Oi?

agosto 18, 2009

guarda

Eu tenho uma amiga que uma bela noite decidiu visitar a já famigerada boate de SP, D-EDGE. Quem é da cidade sabe que o negócio lá é quente e que é muito dificil sair de lá digamos, normal….  Eis que nessa noite nada saiu diferente do script e a amiga saiu de lá mais pra lá do que pra cá. Pegou seu carro e seguiu rumo a sua casa, porééééém no meio do caminho havia um guarda, havia um guarda no meio do caminho.

Guarda: O documento Por favor!

Amiga: Seu guarda porque o senhor está me parou?

Guarda: Olha menina nós detectamos que vc passou em 3 faróis vermelhos nos últimos 20 minutos

Amiga: Mas tbm né seu guarda, nao posso ficar parando em farol a essa hora da madrugada.

Guarda: OI?? MADRUGADA??

Foi então que a amiga sentiu que estava um pouco mais quente que o normal e que afinal estava um puta sol e eram 9 da manhã!!

h1

China Exú

junho 27, 2009

cobra_chinesa

Eu tenho um amigo que um belo dia recebeu uma proposta para trabalhar na China, não em Hong Kong, mas no INTERIOR da China.
Acontece que na China o ritmo de trabalho é muito intenso e a semana vai de segunda a sábado. Para a rotina não ficar tão massante assim o amigo, seus colegas de trabalho e inclusive o chefe do grupo fecharam um acordo: Aquele que pegasse uma mulher NOVA na única balada frequentável que havia na cidade, não trabalhava no sábado. E não havia como fugir, afinal, TODA sexta feira TODOS dos grupo estavam lá para se divertir e para constatar se a mulher do amigo era inédita mesmo, dando assim o direito de folga no sábado.

Em uma bela sexta o amigo foi para a tal balada com seus comparsas. Bebe aqui, xaveca de lá e NADA. Já desesperado pela possibilidade de ter de ir trabalhar no dia seguinte o amigo começa a dar bola pra uma Gordinha (150 kg) que não parava de olhar pra ele… Eis que no momento que estavam conversando chega uma Russa loira, linda e maravilhosa, que ele havia pegado algumas semanas antes, cheinha de amor pra dar.. E agora????????????? Pensou nosso caro amigo.

Bom, entre ficar com a loira e não ter que trabalhar no dia seguinte mesmo tendo que passar por um certo sacrificio, ele ficou com a opção nº2!

O que não fazemos por um dia de folga não é mesmo minha gente????

h1

Especial de natal

dezembro 24, 2008

Minha gente, se segura aí na cadeira que essa é das boas! Pra fechar
2008 com chave de ouro! Prêmio Experiência Antropológica do Ano!
Aposto uma cerveja que muitos leitores e colaboradores deste blog vão
morrer de inveja dessa minha amiga que eu vou contar.

Eu tenho uma amiga que nunca tinha ido a um puteiro na vida. Um belo
dia, essa minha amiga estava com outros cinco rapazes perambulando
pela noite de uma cidade litorânea em busca de algo interessante para
fazer, quando algum dos moços deu a idéia de irem todos dar risada na
zona. A minha amiga, obviamente, topou na hora.

A idéia inicial era irem a uma casa de prostituição “bonitinha”.
Porém, a entrada estava cara e a cerveja era muito restrita. Com isso,
eles foram caçar outro lugar e acabaram em um prostíbulo bem sujinho.
Porém, por R$ 20,00 de entrada e quatro cervejas na faixa, ta lindo,
não? Só o ambiente que não era muito agradável, a começar pelo
segurança que, na entrada, contou que já havia picado a vara em “quase
todas” as moças da casa. Tipo, too much information, né, colega?

puteiro

Subiram a escadinha e adentraram a balada. Tinha um bar, umas mesinhas
com sofás, outras mesas em torno do palco, e algumas garotas de
procedência assaz duvidosa circulando entre os “criente”. Algumas eram
pegáveis, mas a maioria esmagadora era uó do borogodó elevado a décima
nona potência. Tipo, não dá! E o pior, segundo a minha amiga, é que
tinha uns caras gatinhos no lugar. A menina diz que quase chegou pra
um e disse “filho, você consegue coisa melhor de graça em qualquer
balada, vaza daqui, vai”. Enfim, lamentável.

Eis que a moça e seus cinco escudeiros sentaram e começaram a tomar
cerveja. Algumas meninas subiram no palco, rebolaram, arrancaram a
roupa, enfim, nada de muito bombástico, tanto que já tinha nego
dormindo na mesa de tédio. Até que um dos amigos da minha amiga, (o
mais depravado, diga-se de passagem) lançou que ia rolar um show de
sexo ali no palco, ao vivo e a cores, e que seria com uma das putas
mais bonitinhas, uma loirinha com quem ele havia conversado. Eis que
já lá pelas tantas da madruga, a loirinha subiu no palco e começou a
fazer um strip básico. Logo, ela pegou um rapaz da mesa ao lado pela
mão, esfregou-se toda nele e deixou-o só de cueca. Os amigos da minha
amiga começaram a se empolgar. Um deles, bastante alcoolizado, disse
que subiria lá e faria o show se fosse chamado. E não é que a loirinha
safada chamou o menino?

saiarodada

Os quatro rapazes restantes e a minha amiga foram à L.O.U.C.U.R.A. O
doido subiu lá e começou a agarrar a loira ferozmente, tentando
engatar umas posições de filme pornô e tudo. A danada deixou o menino
peladão lá e, diante dos amigos dele e de todo mundo, mandou ver num
boquete. Minha amiga desacreditou. Tipo “não, eu NÃO estou vendo essa
cena”, saca? Mas aí, galera, se tem uma coisa mais sensacional do que
ver um brother comendo uma muié no palco, é ver o brother broxando com
a muié no palco! Sim, minha gente, o moço não agüentou a pressão da
galera assistindo de camarote e o Piu-Piu não funcionou. A moça então
desistiu, e ele desceu do palco sem finalizar o serviço. Mas foi mega
aplaudido pela galera. Só de ter coragem de protagonizar essa cena ele
já merece todas as palmas possíveis!

Depois, é claro, o coitado entrou numa bad. Falou 55 vezes que era a
primeira vez que isso acontecia, que se ele estivesse sozinho com a
menina o pau teria ficado duro, que não acreditava que a minha amiga
tinha visto ele pelado etc. A minha amiga só deu risada, até porque,
na verdade, esse brother fez a ela um grande favor. Ele entrou para o
top 5 dias mais engraçados da vida dessa menina! E se ela ganhar algum
prêmio por ter presenciado a cena mais bizarra de todas as narradas
neste blog em 2008, esse prêmio será dedicado ao amigo que foi macho o
bastante pra tentar comer uma puta na frente de todo mundo!

Te dedico, brother!

%d blogueiros gostam disto: