Archive for maio \27\UTC 2009

h1

Festa no apê!!!

maio 27, 2009

festa no ape

Mais uma da categoria.. Eu tenho um amigo!
A festa estava à toda. Galera comendo, bebendo muito e mandando uns aditivos pra dentro. nada de muito absurdo, mas o suficiente pra que o local virasse um convite àquilo que todo mundo gosta.

Estavam lá, o amigo e a vítima do momento, já devidamente encaminhados e devidamente altos a ponto de não disfarçarem muito a empolgação aos convidados presentes. No agarra daqui que eu puxo dali, subiam e desciam escadas em busca de um quarto vago. Nada. Nem banheiro, nem cozinha, nem churrasqueira… O amigo louco querendo comer a menina, e ela provocando a todo momento: era mão que descia por cima da  calça, alça do sutiã que descia e mostrava mais do que devia, hora dessas num canto ela literalmente desce a calça e mostra tudo o que o amigo teria se eles arrumassem um maldito quarto pra “furunfar”.

Eis que numa tentativa perdida na suíte, a porta abriu. luz apagada, entraram sem maiores cuidados e logo ouvimos que tinha mais gente naquela porra. Nem tempo pra desanimar deu, pois quando ameaçaram virar pra trás, ouviram uma amiga (que estava ali se arrumando com um fulano que eu nunca viram mais gordo) chamá-los pelos nomes e dizer “se vocês quiserem a gente divide a cama”…

Como assim, meu camarada? Pra já…!

Ela, que ainda estava amassando o cara, não se incomodou quando o tesão do amigo e sua companheira correspondeu automaticamente à proposta. A garota arrancou  calça do amigo, a amiga perdeu o sutiã nas mãos do camarada. A tal amiga era bem gostosa – O amigo não ia perder a chance de desfrutar de dois prazeres de uma vez só…

Bizarramente não rolou troca de casal em momento algum, por mais previsível que fosse isso. O amigo e o cara ficaram por baixo, e as delícias foram pra cima. Todo mundo se olhando, e a parada rolando solta, deliciosa toda vida. A garota ficou mais gostosa ainda ao lado da amiga, e resolveu soltar o boquete antes da tal, que olhava pra menina  chupando o amigo e fazia cara de estar adorando tudo aquilo. Foi dificil segurar pra nao acabar rápido demais. O amigo até perdeu a noção do tempo…  E mesmo sem misturar a galera (o amigo ainda não sabe porque mantiveram essa “distância”), nos intervalos se masturbavam olhando uns pros outros. No fim, depois de chegarem lá algumas vezes, o segundo casal os deixaram no quarto com a cara de que haviam satisfeito muito mais do que duas pessoas…

Com os outros quartos esvaziando noite adentro, com mais bebida e barato rolando, acabaram batizando tudo o que era cômodo daquela festa. Uma ÓTIMA festa, sem dúvida…

h1

Me dê um cheiro, nego!

maio 25, 2009

lavanderia

Eu tenho uma amiga que dia desses foi viajar pra casa de um amigo. Ela tem uma certa paixao platônica por ele, diga-se de passagem.

Eis que a bonita dormiu lá, tomou banho, café, etc e tal e voltou no dia seguinte. MAS NAO PEGOU!

Num belo momento a nega vira pra uma outra amiga e diz:

– Posso te contar uma coisa?

A amiga curiosa, claro, respondeu prontamente:

– CLARO!!!!!! Manda!

A amiga advertiu:

– Promete que você não vai rir?

A outra, mais curiosa, juoru de pés juntos que esboçaria nenhuma reação jocosa.

– Então, sabe quando eu dormi na casa de fulano? Eu tomei banho lá.

– Tá… e aí?

– Tinha uma camiseta dele no cesto de roupas sujas.

-Hum… e?

– E eu não aguentei… peguei e cheirei!

– HAHAHAHAHAHAHAHAHHAHA CUMA? TÁ LOUCA, BICHA?

– Eu tenho uma coisa com cheiro…

SOCOOOOOOOOOOOOOORRRO! Ainda em que não cheirou a cueca!

h1

Compondo na Lulilândia

maio 18, 2009

Eu tenho uma amiga que adora música, e que me mandou essa dica para aqueles que curtem composição, diretamente do blog de Lulina….

Dia 13 na Lulilândia: dia de transformar os acontecimentos em música.

Maio 13, 2009

Hoje é dia 13. Dia perfeito para se começar um projeto pirado.

Funciona assim: você nem precisa sair dessa cadeira em que você está.
Basta escrever uma frase sobre o seu dia 13 (hoje) e mandar para lulilandiatown@gmail.com, com o subject “meu dia 13”.

Não precisa pensar muito, o importante é que seja uma frase sobre como você está se sentindo hoje, ou sobre alguma coisa que aconteceu ao seu redor, enfim. Nada de poesia ou frase bem construída, o importante é o conteúdo dela. Eu vou ler a frase que todo mundo mandou e, a partir delas, fazer uma música. Posso usar ou não a frase exatamente como foi escrita, mas se eu usar ao menos a idéia/sentimento contidos nela, a pessoa que mandou já faz parte automaticamente do rall dos “compositores” da música.

No próximo dia 13 (de junho), vou disponibilizar a música gravada, com o crédito de todos os autores das frases que usei como inspiração (vai ser um método bem subjetivo, não vou poder usar a frase de todo mundo, senão a música vai ter duas horas de duração, mas vou tentar usar o máximo de frases e idéias que puder, creditando sempre seus autores).

A pessoa vai poder ouvir a música e reconhecer que parte do dia dela está ali, na canção.
E no próximo dia 13 de junho, novamente vocês podem mandar frases sobre o dia 13 que vocês estão vivendo naquele momento. E, novamente, farei uma outra música com elas, para disponibilizar no dia 13 seguinte. Resumindo: todo dia 13 temos um encontro nesse blog, para ouvir a música composta por todos nós e para movimentar novos emails com frases. No final de 13 meses, reunirei todas as músicas feitas em um único disco, chamado “Meus dias 13”, composto por um número recorde de compositores: eu e todo mundo que mandou alguma frase que foi usada.

Então, daqui a 13 meses, depois do disco ficar pronto, farei um show de lançamento, o primeiro COMPOSISHOW, onde todos os compositores poderão pegar o seu disco de graça. Vale frisar que o disco vai ser um cd-r, obviamente (já que todas as gravações serão realizadas de forma caseira, mas com uma boa qualidade). Mas, se ao final de 13 meses, todos estiverem bastante felizes com o resultado, quem sabe não fazemos uma vaquinha para prensar em SMD? Tudo depende do resultado que obtivermos. Por enquanto, vamos pensar pequenininho e ver no que dá essa brincadeira. Algo me diz que vai dar pelo menos um belo disco sobre os nossos dias 13 na Lulilândia.

Atenção: só valem frases mandadas até a meia-noite de cada dia 13.

h1

Help, I need somebody, Help!

maio 14, 2009

Hey boys n girls!

O Eu tenho uma amiga parece que passará a ser, além deste humilde blog, uma coluna quinzenal do Mundo Mundano.

nhe

Sendo assim, pra dar um start na parada, precisamos escolher 8 causos aqui publicados pra mandar pro povo de lá… E é aí que vocês, queridos, entram… Ajudem-nos a escolher os tais 8 contos?

Sabecomoé, né? Um monte de mulher juntas tendo que decidir objetivamente algumas coisas levam um  certo tempo.

Tks, people!!!!!

bjo-nos-ajude

h1

Baianidade nagô

maio 11, 2009

Bom dia gentí!

Eu tenho uma amiga baiana chamada Marcela Bellas que canta muuuuuuito e assim seus males espanta. Ela lança agora em junho seu cd  “Será que Caetano vai gostar?”  aqui em Sampa.

Caetano eu num sei, mas eu adorei o som!

Vale a pena conferir!

Ainda dá para baixar o cd no site da menina, http://www.marcelabellas.com.br

Mais infos no http://www.myspace.com/marcelabellas

l_a82a4cb7da8b448eb5e08d05ae28cf21

h1

PIADINHA…

maio 11, 2009

Eu tenho uma amiga que sempre sempre manda piadinhas e outras cositas mais semanalmente por emai. Aí vai a última piadinha enviada…

Um avião sofre uma pane e o piloto é obrigado a fazer uma aterrissagem de emergência, mas graças à sua habilidade, consegue pousar em segurança no meio de uma avenida. Passado o pânico, os passageiros batem palmas e começam a sair do avião. Tudo parecia resolvido, quando um taxi desgovernado bate no avião.

No interrogatório com o motorista, o delegado questiona:
– O piloto evita uma catástrofe e o senhor consegue bater no avião parado? Como é que o senhor não viu esse jato no meio da pista?
– Doutor, eu peguei um casalzinho lá no shopping, eles entraram no táxi e começaram o maior amasso e eu 100% de atenção no trânsito.
– Sim, prossiga…
– Ele tirou a blusa dela e começou a chupar os peitos da moça e eu vendo pelo espelhinho, mas com 90% de atenção no trânsito.
– Continue…
– Ele enfiou a mão nas pernas da moça e puxou a calcinha dela, e eu com 80% de atenção no trânsito.
– E….
– Ela abriu o zíper e caiu de boca no bilau do rapaz, daí foi para 50% minha atenção no trânsito!
– Ok! E então?
– Naquele pega-pega e chupa-chupa, ela tirou o bilau da boca e apontou na direção da minha nuca, nisso o rapaz gritou:
– OLHA O JATO!!!
– Abaixei a cabeça na hora e nem vi a cor do avião… Doutor!! Como eu ia saber que era a porra do jato e não o jato da porra?

Resumindo: O taxista foi liberado

h1

POPOZÃO

maio 11, 2009

Eu tenho uma amiga que adora usar vestidos, primeiro pela praticidade da peça, e segundo por sua feminilidade.

3eb0421acb27b85a65849fc150604cafd1f749d7_m

Ocorre que essa amiga é das mais esbaforidas, sempre correndo com mochilas, sacolas desajeitadas pelos transportes públicos da metrópole paulistana.
Um dia desses estava todo bela, com seu vestidinho estampado, aos redores da estação Vila Mariana. Correndo como sempre, ao deixar cair um sacola no chão, a mulé nem percebeu que seu vestido ficara preso em sua mochila.  Sem querer, a amiga ficou andando pelo metrô com o popozão de fora.

Mico total!

Só se deu conta do incidente quando um rapaz a cutucou:

– Ei moça, seu vestido está levantado!

A amiga sem entender nada, tirou os fones de ouvido

– Que foi amigo? Minha mochila está aberta?

– Não não, é seu vestido mesmo que está levantado…

Sem um buraco para enfiar a cara, a amiga agradeceu o “toque”, e seguiu correndo para o trem.

Ahahahh….só por deus!

%d blogueiros gostam disto: