Archive for the ‘mico!’ Category

h1

Sorria, você está sendo filmado

outubro 13, 2011

Faz tempo que não postamos história de amigo aqui, né? Pois lá vai uma muito boa, que aconteceu faz mais ou menos um ano e que precisa ser compartilhada com o mundo.

Um amigo nosso foi a uma baladinha hype bem famosa da noite paulistana que acontece uma vez por ano. Para não perder a viagem, o bonito se estragou no álcool e ficou virado no Jiraya. Até mosh do palco durante um show ele deu – eu até publicaria a frase emblemática que ele soltou ao final do ato, mas ia denunciar demais o autor.

Enfim, tava lá locão, descolou um boy magia (ou nem tão magia assim, enfim) e resolveu ir pra casa do rapaz, que era ali pela região mesmo. Foram a pé, chegaram lá, começaram a se pegar loucamente na sala, aquela coisa toda… Eis que o dono da casa lança: “vamos ali no terraço?”. Beleza, né, saíram os dois, pegaram o elevador, subiram até o topo do prédio, olharam lá de cima e resolveram voltar porque estava muito frio – pelo que eu me lembro, foi tipo a noite mais fria do ano passado. De volta ao apê, fizeram amorzinho gostoso e meu amigo vazou quando já era dia bem claro.

O lindo passou na padoca, tomou um café, foi até a casa dele, dormiu… Quando acordou, estava numa ressaca monstruosa e com sérias dificuldades de se lembrar dos detalhes da noite anterior. Entre um copo d’água e outro, ele começou a recapitular a ida pra casa do fulano, a pegação… OH NÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ele então se lembrou de ter subido até o terraço do cara numa boa. Porém, na hora, ele e o peguete não atentaram a um detalhe importantíssimo. Ele estava nu. PELADO. Sem roupa, sem nem cueca. E andou de elevador no prédio dos outros. Imagina se entra uma velhinha indo comprar pão. Imagina a cara do porteiro, um tiozinho evangélico que entra no serviço às 6h da manhã pra ver vagabundo pelado dando rolê pelas câmeras de segurança! Que horror, minha gente, que horror.

Se a intenção já era não fazer “follow up” com o menino, depois de lembrar-se do ocorrido é que o amigo nunca mais quis saber dele mesmo. Tudo para evitar o constrangimento de encontrar o tio da portaria novamente e ganhar aquele olhar de “eu já te vi pelado”. Desnecessário.

h1

Vida de solteira – Esse eterno episódio de seinfeld em looping.

setembro 26, 2011

Todo mundo sabe que a vida de solteira é essa eterna brincadeira com mix de armadilha de satanás, mas as vezes o roteirista da vida é tão infame, tão infame que a vida começa a virar um episódio de Seinfeld em looping infinito. É exatamente isso o que aconteceu com uma amiga cuja a história vamos contar a seguir.

A amiga em questão é solteira e adora cair na noite. Eis que em uma dessas noites ela foi em uma super festa e estava lá, bela e faceira dançando enquanto seus amigos estavam devidamente ocupados. De repente, não mais que de repente chega um moçoilo e puxa conversa. A amiga nem dá ouvidos e fala “Moço, entao.. Não quero conhecer ninguém não, to aqui me curtindo etc” e o moço insistiu “Mas deixa eu só te conhecer, pegar seu telefone, te achei interessante… Te observei a noite inteira.” ‘Tá bom vai, vamos la fora fumar um cigarro”.Foram, e amiga não tava fazendo nada mesmo e resolveu dar uma chance pro rapaz. Se beijaram e ui, o rapaz beijava super super super bem. ‘Huuummmm, com um beijo assim imagine o resto” pensava a amiga enquanto o rapaz desfiava mil elogios à amiga ‘Como você é linda” “É um PRIVILÉGIO te conhecer” etc. Foram pra casa da amiga, que mora sozinha, e tiveram uma noite memorável. Super conexão, tudo lindo, o moço era bom em tudo. Ui. Ao sair da casa dela pegou seu telefone e disse que retornaria assim que voltasse de viagem, o moço é fotógrafo e foi fazer umas fotos fora da cidade e a moça lhe deu um beijo e suspirou pensando “Acertei na loteria, um fuck buddy bom de cama e interessante”. Porém, como diz uma outra amiga: ‘Jacaré ligou? Nem ele”. Sumiu do mapa! Nem sinal de fumaça ele mandou. A amiga ficou magoada, e mesmo sabendo só o primeiro nome dele ainda tentou fazer um stalking, sem sucesso. Ficava criando teorias “Por que raios ele não me ligou? Será que eu fiz algo de errado? Será que o cel foi roubado?”. Bom, a paranóia durou 1 semana e meia porque né? A vida anda e não dá pra ficar esperando nada de ninguém.

Eis que, uns DOIS meses depois a amiga havia combinado de ir na mesma festa onde conheceu o rapaz, e um amigo dela, que estava na primeira vez e também o conheceu na ocasião, estava lá antes dela e o rapaz o reconheceu. Perguntou sobre a amiga, disse que tinha a procurado mas que o telefone que ele havia anotado estava errado, pediu o certo para o amigo dela que prontamente disse “Relaxa ela vem aqui e te passa pessoalmente” Nesse momento a amiga estava saindo de um bar e recebeu uma msg do amigo “Amiga, você não vai acreditar. O fotografo ta aqui e perguntou de vc. Disse que ta com seu tel errado, por isso o sumiço. Disse que vc tava vindo pra passar o certo!” Ui! A amiga super se animou, ficou passada com a historia toda e CLARO foi lá fazer o que tinha de ser feito. Chegou na festa e em 5 minutos eles se encontraram, e em mais 5 ficaram. Tudo lindo, o moço pediu desculpas, super beijo again… só no romance. Foram embora juntos e a noite deles foi ainda melhor! Porém, depois de um tempo a amiga acorda com o moço se vestindo meio apressado e não eram nem 10 da manhã” ‘Por que vc vai embora? Fica aí vai” pediu. “Não, não posso, tenho que ir etc” a amiga desconfiou, mas ok. Aí disse “Ué, não vai anotar meu numero certo?” “Ah, claro! Aproveita e anota vc mesma”. Tolinho… rs. O moço possui um Iphone e todos sabem que basta vc colocar os primeiros números que o contato correspondente aparece e… O NUMERO DA AMIGA APARECEU. Ha ha ha. Na hora ela riu e disse ” Ih, essa história de numero errado não colou hein? Olha o meu número aqui”. Vish, o moço ficou hiper sem graça e deu aquela desculpa esfarrapada. A amiga é claro, fingiu que aceitou mas assim que o moço foi embora ligou o computador e foi stalkear baseada nas informações colhidas na noite anterior. O moço trabalha com um fotógrafo famoso e tinha dito isso, claro que a amiga lembrou e não demorou nem 10 minutos para achar o perfil dele no facebook. E NÃO É QUE O RAPAZ NAMORA MINHA GENTE? (Uma namorada bem desprovida de beleza, diga-se de passagem) e pelo o que a amiga pode perceber, esse namoro não é de hoje não. Fotos de aniversários de familiares e ele lá pagando de namorado fiel. AHAM, SEI. A amiga não se fez de rogada e mandou uma mensagenzinha pra ele no Fb “Queridinho, não precisava de toda essa história…” (E não obteve resposta, por supuesto) E não precisava mesmo!Mentiroso compulsivo e sem caráter foram as duas primeiras coisas que vieram à cabeça da amiga. E só ele quer ser esperto né? Aff. Insistiu pra ficar na primeira vez e depois inventa uma historia absurda que não foi capaz de sustentar. Coitada da namorada, que provavelmente deve se sentir a mulher mais amada do mundo e na verdade tem um belo de um zé mané ao seu lado.
Ah sim, e tem a cereja do bolo! No perfil do moço, na parte da auto descrição está escrito “SOU UMA PESSOA MARAVILHOSA” (Não vou rir, não vou rir, não vou rir, não voKkkkkKKKkkkKkk)
A parte triste da história é que a amiga havia falado para o amigo que estava com ela na balada pra ele dormir na casa dela pois era mais perto da festa e havia um quarto sobrando. Porém, ela trancou a porta e deixou o celular e capotou depois da noite animada que teve. Quando pegou o celular haviam mensagens e ligações e ela queria morrer! Comprou um presentinho de desculpa, mandou mensagem mas ainda não obteve resposta. O amigo ficou mesmo magoado.

E é essa a vida que vai sediar a Copa de 2014 AND as Olimpíadas de 2016. RYSOS.

h1

Na cama, no banho, na banheira…

setembro 12, 2011

Eu tenho uma amiga que vive intensamente seus dias e tenta aproveitar ao máximo todos os momentos.

Num final de semana que seus pais viajaram ela nâo pensou duas vezes em curtir os confortos do apartamento familiar e convidou seu gatinho para jantar no lar. Aproveitou pra mostrar o quanto é prendada e fez um jantar ótimo regado a muito vinho.

No dia seguinte só sobrou a ressaca claro e a preguica imensa de fazer qualquer coisa. Nesse momento eis que surge sua grande idéia de tomar um banho romântico de banheira.

Motel em casa? Foi esse o “feeling”.

Sabonete vai, sabonete vem, o casal todo feliz na banheira, quando num momento totalmente inesperado a porta se abre… tam tam tam…

Ninguém mais nem menos que o Pai da garota surpreende o pombinhos alegres na banheira.

Imagina o mais flagra da vida?

Poisé, esse foi o maior flagra da vida da minha amiga, que ficou por 1 mês sem conseguir olhar na cara de seus pais.

h1

QUE PENINHA

setembro 21, 2010

Eu tenho uma amiga que conta que tem uma amiga que um belo dia pegou um bofe BAPHO!

Sexo bom, soninho de conchinha e a bonita, querendo fazer bonito, acordou antes e foi pro banheiro. Aproveitou a viagem e fez o xixi matinal. Desarrumou perfeitamente o cabelo e saiu, nua.

A gata saiu abafando e parou na porta, sensualizando.

-Querida…
-Oi? (sensualizando)
-Voce ta com papel higiénico preso na sua…

AIIIiiiiiiinnnnnnnnnn (VERGONHA ALHEIA)

h1

Dignidade pra quê?

abril 22, 2010

Caros amigos e amigas deste Brasil, a próxima história é de uma amiga reincidente, que já tem outro caso genial (de uma situação, inclusive, semelhante a esta) contado neste blog. Divirtam-se.

Era uma vez uma amiga que, na adolescência, namorou um rapaz na cidade interiorana onde morava. Um belo dia, o relacionamento dos dois chegou ao fim. Tudo bem, né, fazer o quê? Faz parte.

Eis que, pouco tempo depois, o garotão (reza a lenda que ele era um gato) começou a namorar outra pessoa na cidade. A amiga meio que não estava mais nem aí, mas a gente sempre quer espezinhar os ex, né?

Estava a amiga em casa, se arrumando para ir a uma festa, quando recebeu um telefonema de sua prima com uma preciosa informação: “gata, seu ex está aqui com a namorada nova, sentado na nossa mesa”. O que fazer? Caprichar no visual dos pés à cabeça para causar o maior frisson possível no recinto! A amiga arrasou no vestido, no cabelo, na maquiagem, se montou num salto alto e foi ao encontro do destino.

Pois bem. Ela chegou, atraindo os olhares de todos no salão. Desfilou até a mesa, cumprimentou todos com muita educação e se sentou. Aí é que foi o erro. A cadeira estava quebrada. E a amiga, que tinha acabado de abalar o Bangu, caiu de costas. Foi um barulhão, uma correria, todos querendo socorrer a coitada ali caída, mas a essa altura, toda a entrada triunfal já havia sido desperdiçado e a dignidade da moça já havia ido para o brejo.

Porém, a amiga, linda e cheia de classe, simplesmente se levantou, sacudiu a poeira e continuou sentada à mesa, maravilhosa, como se nada tivesse acontecido. Estão vendo, meninas? Sair do buraco é sempre, apenas, uma questão de classe. Reflitam.

h1

Motivo de quê?

janeiro 22, 2010

Eu tenho uma amiga… Quer dizer, o meu amigo tem uma amiga que protagonizou uma cena engraçadíssima, que ele vive contando pra todo mundo. Acho digno compartilhar com vocês.

Era uma vez uma amiga toda nervosinha que trabalhava no atendimento de uma empresa. Um belo dia, o pessoal de T.I. da empresa fez alguma cagada muito grande que prejudicou o setor da amiga. A moça não pensou duas vezes: dirigiu-se à sala do povo de T.I. e chegou armando o maior barraco, gritando com o cidadão responsável:

– Escuta, quer dizer que vocês fazem as merdas por aqui e depois sobra pra gente? Assim não dá! Vocês fazem cagada e eu é que viro motivo de XOXOTA!

De repente, todos os técnicos de T.I. que estavam quietinhos em suas mesas congelaram, tiraram seus fones de ouvido e começaram a prestar atenção na conversa. O chefe do departamento olhou bem pra cara da louca e perguntou:

– Fulana, vira motivo de quê?

E a louca continuava gritando, cheia de razão, apontando o dedo pra si mesma:

– De XOXOTA! Eu viro motivo de XOXOTA!

Após uma gargalhada geral, a bonita voltou para o seu canto puta da vida, sem entender ainda a asneira que tinha falado. A chefe da bonita perguntou a ela o que estava acontecendo e ela repetiu a história toda, usando novamente o mesmo termo infeliz.

– Motivo de quê, fulana?

– Motivo de XOXOTAAAAAAAA!

– É chacota, criatura, MOTIVO DE CHACOTA!

Depois dessa, é óbvio que a coitada virou motivou de xoxota mesmo. De xoxota, de chacota, de qualquer coisa.

h1

Qual Changeman você é?

janeiro 22, 2010

Eu tenho uma amiga que disse que um amigo lhe contou uma história hilária, num dia de muito ócio e falta de boa vontade na fiiiirrrrrrma.

Poisentão, a bonita tinha acabado de conhecer um mocinho e estava encantada com o rapazote! Ai, como ele era gentil, lindo, cheiroso, educado, culto, atencioso, engraçado – e todas aquelas outras coisas que não existem, muito menos num homem só.

Eis que o mais novo casal de pombinhos do pedaço saiu do restaurante rumo ao carro do tal carinha. Ele, logo de cara, disparou na frente para abrir a porta para a donzela que, suspirando disse:

– Ahhhh, você é mesmo um CHANGEMAN

Oi? Ops? Não seria GENTLEMAN?

Bom, de qualquer forma, eu sempre fui e sempre serei a Change Mermaid. Será que ele era qual? Change Griphon? Change Pegasus?

%d blogueiros gostam disto: